CLUBE DO CORCEL FORTALEZA

CLUBE DO CORCEL FORTALEZA
26/09 - 49 ANOS DO LANÇAMENTO DO FORD CORCEL

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Sergio Minervini " O senhor dos Corceis"



Não podiamos deixar de mostrar a historia de um verdadeiro amante da linha Corcel o médico Sergio Minervini.

A historia de Sergio Minervini, começa com a compra do seu 1º Corcel.


O recibo de compra: 56500 cruzeiros

O espanhol de cabelo rosado ainda pensava se deveria vender o Corcel para aquele garoto de 18 anos. Eufórico, Sérgio cruzava os dedos para que a contraproposta de seu pai fosse aceita pelo senhor de forte sotaque castelhano. Quando outro interessado tocou a campainha e disse estar disposto a pagar o preço sem desconto, Sérgio tremeu. Fez-se um silêncio. "Meu pai abaixou a cabeça, como se tivéssemos perdido o carro", lembra. O espanhol, no entanto, educada, mas rispidamente, convidou o novo freguês a se retirar, assinou onde deveria assinar e, pronto, Sérgio tinha seu primeiro carro, um Corcel 77 com pouco mais de 10000 quilômetros.




O estepe nunca foi usado



Já se vão quase três décadas desde que essa história aconteceu no apartamento de um prédio da rua Aurora, no centro de São Paulo. Sérgio Minervini, hoje com 46 anos, teve outros amores em sua garagem, mas o Corcel ainda está a seu lado, como lembrança do pai, do senhor espanhol de cabelo rosado e "de toda a minha juventude", diz o ortopedista, que criou uma relação tão fraterna com o carro a ponto de andar quilômetros a pé para consertar um pneu furado em vez de gastar o estepe. Na época da faculdade, mesmo com um carro na mão, preferia ir de ônibus estudar medicina em Taubaté para poupar o motor. Mais prova de amor? Ele guarda todas as peças trocadas: em sua garagem, jazem velas, platinados, filtros de óleo, buchas... A bateria velha ele jogou fora por causa do vazamento do ácido. "Deveria ter guardado. Estou arrependido.dai veio dar inicio a sua coleção, na qual Sergio hoje é mais conhecido como “O senhor dos Corcéis”. Abaixo temos dois vídeos no qual Sergio mostra sua coleção relata um pouco da historia do Ford Corcel, vale apena conferir.


Sérgio ao lado do pai e do Corcel no final dos anos 70.






Nenhum comentário: